8
Jan
Blackberry vai regressar aos modelos clássicos
por Pedro Ivo Faria Blackberry 10 , Blackberry Q10 , Z10
O lançamento de equipamentos Full Touch nasceu da necessidade da Blackberry se afirmar num segmento que aumentava exponencialmente e que era dominado pelo iPhone e pelas várias propostas Android.
Para o utilizador tradicional da marca canadiana esta aposta não fazia grande sentido já que uma das mais valias dos smartphones da Blackberry era o teclado físico fácil de utilizar.



O mercado acabou por demonstrar que o caminho trilhado durante 2012 e 2013 não era o mais adequado com os modelos full touch - Blackberry Z10 e Z30 - a não conseguirem o mesmo número de vendas que os modelos mais tradicionais - Blackberry Q5 e Q10.
O novo CEO da companhia canadiana afirmou numa entrevista recente que a Blackberry irá regressar ás suas origens focando-se no segmento empresarial (e governamental) e voltando a apostar numa gama caracterizada pela presença de teclados físicos (o que irá relegar para segundo plano o excelente teclado virtual criado para o Blackberry 10).

John Chen espera que, com este novo rumo, a Blackberry consiga ultrapassar os problemas que enfrenta presentemente e que comece rapidamente a recuperar parte da quota e relevância que foi perdendo para o Windows Phone no último ano.
A parceria com a Foxconn para a produção de algumas das novas linhas de smartphones garante, só por si, um bom nível de qualidade e um preço de produção relativamente baixo o que dará à administração da Blackberry maior margem competitiva face à concorrência.
Esta notícia já foi consultada 19998 vezes
 
 
Publicidade