7
Jul
HTC começa a recuperar mas continua longe dos objectivos traçados
por CVF HTC , HTC One
Já são conhecidos os resultados financeiros da HTC para o segundo trimestre de 2013 e os sinais são mistos. Por um lado a companhia chinesa registou uma quebra nos lucros na ordem dos 83% quando se tem em conta o mesmo período do ano passado, por outro os resultados financeiros são bem melhores do que os do trimestre anterior.



Este sinal de recuperação, embora as vendas ainda se encontrem bem longe dos registados no ano passado, já é resultado da introdução do HTC One no mercado (após vários adiamentos) e da reestruturação da empresa.
Vários analistas consideram que a HTC terá finalmente conseguido inverter a tendência de quebra que vinha registando há vários trimestres e que os próximos meses já poderão ser bem mais positivos.

O lançamento de nove dispositivos que derivam directa ou indirectamente do HTC One – casos do HTC One Mini e do HTC One Max – irão certamente ajudar a companhia asiática a recuperar um pouco mais da quota que foi perdendo ao longo dos últimos anos. Mas HTC irá precisar bem mais do que o simples alargamento da sua oferta de dispositivos uma vez que a demora no lançamento de actualizações para os seus modelos em comercialização é também um dos factores que tem vindo a afastar potenciais clientes.

Esta notícia já foi consultada 91027 vezes
 
 
Publicidade