16
Mai
Nokia apresenta um novo telefone e uma nova plataforma móvel
por Pedro Ivo Faria Nokia , AshaUI , Asha Plataform , Nokia 501
Com a reestruturação da sua oferta de telefones e smartphones, a Nokia passou a dispor de três linhas distintas dentro da sua gama. No topo encontra-se a linha Lumia baseada no Windows Phone e que pode ser verdadeiramente apelidada de smartphone, do outro extremos estão os telefones básicos desprovidos de acesso à Internet, Browser ou e-mail e entre as duas aparecia a linha Asha baseada no Nokia Séries 40.

Apesar do bom desempenho comercial das duas linhas menos evoluídas existia uma lacuna entre as gamas uma vez que as especificações do Windows Phone impede que sejam lançados dispositivos com preço próximo ou inferior aos $100. Por outro lado a plataforma S40 não é suficientemente competitiva para cobrir essa faixa que é actualmente dominada pelos modelos Android de baixo custo.



O lançamento do Nokia Asha 501 marca a primeira viragem na estratégia da Nokia desde que Elop decidiu descartar o Symbian, o Meamo e o MeeGo e deu preferência à compra da empresa sueca Smarterphone em vez do desenvolvimento de uma plataforma intermédia própria (na altura denominada projecto Meltemi).
O novo smartphone da Nokia vai buscar inspiração à linha Lumia (bem expresso no exterior do telefone) e ao MeeGo de onde recupera a simplicidade de navegação e o aspecto geral dos ícones e elementos gráficos.

Este telefone estará disponível tanto na versão mono-SIM como dual-SIM e conta com um ecrã de 3 polegadas com resolução de 240x320 pixels, um único botão físico, conectividade 2G, Bluetooth e WiFi, câmara fotográfica de 3.2 MPixels sem Flash e uma autonomia impressionante: 48 dias em standby para o modelo mono-SIM e 26 dias para o dual-SIM.
Apesar de algumas das limitações evidentes do equipamento, como a falta de conectividade 3G, GPS e uma câmara fotográfica pouco evoluída, a Nokia garante que a nova plataforma Asha UI é capaz de manter 50 aplicações a funcionar abertas em simultâneo e que as capacidades multi-tarefa estão a um nível até agora desconhecido na faixa do mercado onde o Nokia Asha 501 se insere.



O preço, que é imposto pela própria Nokia, fica pelos $99 e já existem acordos com mais de 60 operadoras móveis para a distribuição do novo Nokia Asha 501.
Esses acordos envolvem ainda o Facebook e o acesso gratuito às redes sociais a partir do novo dispositivo da Nokia. O lançamento comercial está agendado para Junho de 2013.

Esta notícia já foi consultada 29173 vezes
 
 
Publicidade