2
Jul
Nokia avisa Google e Asus que o Nexus 7 infringe algumas das suas patentes
por Pedro Ivo Faria Google , Nexus 7 , ASUS , Nokia , Apple , Samsung , HTC
Os últimos tempos não têm sido fáceis para a Google que, não obstante o sucesso da sua plataforma móvel, se vê envolvida directa ou indirectamente em novas batalhas jurídicas a cada dia que passa. Com a Motorola e a Samsung ‘sob fogo’ da Apple e da Microsoft, essencialmente por causa do Android, é a vez da própria Google enfrentar o penoso caminho das patentes e da propriedade intelectual.

Logo após a apresentação do Nexus 7, que é fabricado pela Asus, as duas companhias receberam uma nota da parte da Nokia em que esta última afirma que o novo dispositivo da Google está a usar tecnologia não licenciada.
Só que, ao contrário da Apple, a Nokia prefere uma via mais consensual e sugere que ‘as companhias que ainda não licenciaram o nosso pacote de patentes essenciais deveriam simplesmente abordar-nos e assinar um contrato de licenciamento’.

Em questão estão certos aspectos da tecnologia 802.11 (WiFi) que já se encontra licenciada pela Nokia a mais de 40 companhias diferentes com este número a alargar à medida que mais fabricantes vão lançando os seus primeiros dispositivos no mercado.
Para fazer face a todas as batalhas jurídicas em que o Android se encontra envolvido, a Google já tomou a decisão de se associar ás companhias que estão a ser processadas, especialmente a Samsung, a Motorola e a HTC, com o objectivo de começar a proteger activamente a sua plataforma. O objectivo é criar-se um plano de licenciamento cruzado, o que irá permitir à Google manter o Android gratuito e isento de quaisquer taxas de licenciamento dando em contrapartida acesso ao acervo de patentes que dispõe.

Esta notícia já foi consultada 25840 vezes
 
 
Publicidade