20
Abr
Barclaycard apresenta o serviço NFC PayTag
por Pedro Ivo Faria Barclaycard , PayTag , NFC
Já por várias vezes ouvimos vários analistas do mercado afirmarem que ‘este é o ano do NFC’. Até hoje a tecnologia NFC ainda não conseguiu cativar a indústria e assumir o seu papel na interacção entre dispositivos e serviços.
O Google Wallet, lançado há quase um ano, prometia dar o impulso definitivo à tecnologia através dos pagamentos móveis mas ainda hoje continua a lutar para se impor como uma das referências neste segmento.

A falta de dispositivos capazes de estabelecerem uma comunicação bidireccional é um dos principais entraves (a maioria ainda só é capaz de ler as tags NFC), tal como a falta de uma norma única que una os esforços das operadoras móveis, fabricantes e instituições bancárias.
A Barclaycard encontrou uma forma eficiente de ajudar os consumidores a alterarem os seus hábitos diários e integrarem os dispositivos móveis nas operações de pagamento. Esta solução, que continua a ser unidireccional, permite criar o hábito de se usar o telefone, ou outro dispositivo, no momento de pagamento e antecipar os serviços que estão para chegar.



A solução PayTag da Barclaycard pode ser usada já em qualquer telefone uma vez que se baseia num mini-cartão autocolante associado a uma conta de crédito limitado. A Google já tinha anunciado uma solução similar para alargar a abrangência do Google Wallet aos terminais que não estão equipados com chips NFC mas a Barclaycard foi a primeira avançar com um produto concreto.
O ‘autocolante’ que se fixa nos telemóveis contém uma eqtiqueta NFC no interior capaz de guardar informação básica (identificação da mesma) que é mais tarde usada pelo serviço para determinar em que conta deverá ser debitado o valor do pagamento.
Os pagamentos estão limitados a £20 e a algumas cadeias de lojas no Reino Unido mas até ao final do ano, altura em que se estima que existam 150 mil pontos de pagamento NFC, o serviços será alargado a outros ramos de negócio.


Esta notícia já foi consultada 23286 vezes
 
 
Publicidade