23
Dez
RIM processada por uso indevido da marca BBM
por G5 Blackberry , BBM , BBM Canada
A companhia canadiana parece estar a atravessar uma ‘fase negra’ em que nada corre a seu favor. Depois de ter sido impedida de usar a marca BBX como designação do seu novo sistema operativo móvel, a RIM vê-se na eminência de perder um das suas designações mais populares: o BBM (Blackberry Messenger).



Quando tentou registar a marca no Canadá a RIM foi avisada que a mesma já existia e que estava na posse de um empresa com o mesmo nome desde 1960. A BBM Canadá é uma empresa especializada na medição de audiências de televisão e rádio e considera que a sua imagem pode ser afectada com o lançamento do serviço BBM Music.
Este novo serviço da RIM, que corre em cima do BBM ‘normal’, permite partilhar até 50 músicas com amigos e, de uma certa forma, insere-se no segmento onde a BBM Canadá actua.

A companhia já pediu à RIM que deixasse de continuasse a ligar essa designação aos seus produtos e serviço mas, perante a recusa da RIM, decidiu avançar para os tribunais.
Agora a RIM corre mesmo o risco de deixar de poder usar a designação BBM em qualquer um dos seus serviços uma vez que está a actuar no mesmo segmento que a BBM Canadá o que resulta numa clara violação de marca registada.

Esta notícia já foi consultada 5087 vezes
 
 
Publicidade