9
Set
Android: Jelly Bean segue-se ao Ice Cream Sandwich
por Pedro Ivo Faria Android , Ice Cream Sandwich , Jelly Bean
Uma das práticas mais comuns entre as empresas tecnológicas é a adopção de nomes de código para os projectos que ainda se encontram em fase de desenvolvimento. Em vez de os referenciar pelos nomes finais, que poderiam ser escutados e divulgados por terceiros, usam-se nomes inócuos e que pouco ou nada esclarecem.

Falar do Android Ice Cream Sandwich ou do Android 4.0 tem resultados totalmente diferentes, por isso a Google decidiu adoptar uma nomenclatura própria para as versões em desenvolvimento da sua plataforma móvel. Todas elas são nomes de doces ou sobremesas e a seguem a ordem alfabética.
Ao Cupcake (Android 1.5) sucedeu o Donut (Android 1.6), a este seguiram-se o Eclair (Android 2.0), o Froyo (Andorid 2.2) e o Gingerbread (Android 2.3). O Honeycomb (Android 3.0) marcou o início do ataque ao segmento dos tablets e o Ice Cream Sandwich irá unificar as duas plataformas: smartphones e tablets.



Dizem agora certas ‘ fontes’, que a versão que se segue irá adoptar o nome de código Jelly Bean e que irá integrar várias funcionalidades de grande impacto (‘game changing’) que estavam previstas para o Ice Cream Sandwich mas que foram adiadas para mais tarde para permitir um ataque mais forte à fragmentação que continua a existir na plataforma.
Para a Google é importante criar uma experiência de utilização padrão (standard) no mercado e permitir que os programadores possam dedicar o seu tempo a desenvolver novas ideias e tecnologias em vez de investirem em suportar os modelos mais antigos equipados com versões anteriores do Android.

Esta notícia já foi consultada 12312 vezes
 
 
Publicidade