25
Jun
Utilizadores gastam cada vez mais tempo com o Instant Messaging e as Aplicações móveis
por CVF Flurry , Juniper Research , AIM , BBM , Facebook , Twitter , YouTube
O adopção progressiva dos smartphones, em detrimento dos feature phones e dos telemóveis de gama baixa, veio alterar os hábitos de comunicação e dispêndio de tempo dos utilizadores.
Se antes o telemóvel servia sobretudo para fazer e receber chamadas e mensagens de texto, a chegada do browsers evoluídos abriram a porta da Internet e as aplicações massificaram o consumo de tráfego de dados.

Para a Juniper Research são as aplicações de instant messaging, como o Blackberry Messenger, AIM, Windows Live Messenger, Skype e Yahoo!, que dominam os hábitos de utilização de quem possui um smartphone, embora os SMSs continuem a ser a forma preferida de comunicação escrita.
A utilização do correio electrónico também tem crescido, em especial porque permite a partilha de conteúdos multimédia, mas ainda não é suficientemente relevante para incomodar os outros dois métodos.



Já a Flurry publicou um estudo em que foi avaliado o tempo que cada utilizador gasta com o seu terminal e onde é demonstrada a tendência crescente das utilização das aplicações e um menor investimento na Internet. Esta tendência é consequência do lançamento de aplicações móveis cada vez mais completas que substituem com grandes vantagens os websites das principais redes sociais e dos serviços de partilha de conteúdos multimédia (YouTube, Flickr, etc).
Os videojogos são agora os responsáveis pelo gasto de 47% do tempo passado a usar os smartphones enquanto que as redes sociais já contabilizam 32% do tempo restante.

Esta notícia já foi consultada 6733 vezes
 
 
Publicidade