17
Jul
BT Spammer, distribuir conteúdos via Bluetooth
por Pedro Ivo Faria bluetooth
A distribuição intrusiva de conteúdos via Bluetooth está a tornar-se algo comum nos dias que correm sendo já muitas as empresas que recorrem a este género de canal para publicitarem os seus produtos.
Seja para fazer chegar a potenciais clientes mais informação, seja como veículo de distribuição pura e simples de conteúdos áudio, vídeo, imagem ou texto, as soluções para utilizar um dispositivo equipado com conectividade Bluetooth como uma antena de radiodifusão vão-se multiplicando.

A plataforma Windows Mobile não é excepção, não sendo por isso de admirar que pontualmente apareçam ferramentas que permitam, num grau mais superficial ou mais profundo, interagir com os dispositivos Bluetooth que a rodeiam.
O BT Spammer pode ter uma designação preocupante pelos parâmetros actuais (o termo spammer poderá não ser encarado com bons olhos pela maioria dos nosso visitantes), mas na prática pode prestar um serviço útil e eficaz.

A partir de um simples terminal Windows Mobile, desde que este disponha de conectividade Bluetooth como é óbvio, é possível difundir blocos de texto, fichas de contactos (formato vCard) ou imagens.
A ferramenta pode ser parametrizada para emitir uma única vez, ou em ciclo, os conteúdos indicados, sendo inclusive capaz de determinar quais os dispositivos a quem foi entregue o conteúdo com um grau de exactidão notável.

Esta aplicação está disponível tanto para PocketPCs como para Smartphones, sendo necessário que o dispositivo disponha da implementação Microsoft do stack Bluetooth. Isto significa que não irá funcionar nos equipamentos que recorreram à solução Bluetooth da Wilcomm como acontece com alguns Motorola ou HPs.

Esta notícia já foi consultada 3698 vezes
 
 
Publicidade