20
Jun
2013
A LG e a Qualcomm lançaram um press release conjunto onde as duas companhias confirmavam a existencia de uma parceria que culminará com o lançamento da pro´xima geração do LG Optimus G equipado com o mais poderoso processador criado pela Qualcomm até hoje.

O novo Snapdragon 800 deverá surgir em vários modelos de gama alta ainda durante este ano – Oppo Find 7, HTC Butterfly S, Nokia EOS, Blackberry A10, Samsung Galaxy S4 Advanced – e caracteriza-se por oferecer um nível de performance impar e uma grande eficiência energética.
A nova solução da Qualcomm é ainda compatível com a tecnologia LTE e LTE-Advanced, colocando a marca americana mais uma vez na liderança do segmento dos componentes sytem-on.chip (SoC).



Paralelamente a este anúncio a Qualcomm apresentou ainda seis novos processadores da linha Snapdragon 200 destinada a dispositivos Dual-SIM e Tri-SIM de baixo custo. Os processadores são compatíveis com as plataformas Android, FirefoxOS e Windows Phone e servirão de base a uma nova geração de smartphones que são suficientemente baratos para concorrerem directamente com os feature phones e suficientemente potentes para realizar todas as tarefas exigidas a um dispositivo móvel actual.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 27541 vezes
20
Jun
2013
Nos últimos dois dias a Nokia esteve em destaque como consequência de dois artigos publicados no Financial times e no Wall Street Journal que davam conta do interesse de outras companhias na aquisição da sua unidade móvel.
Condenada a militar no fundo da tabela dos 10 maiores fabricantes de smartphones, a companhia finlandesa começa a ser cobiçada por outras empresas que vêm numa possível aquisição uma forma de reforçarem a sua influência no segmento móvel.

Os rumores de que a Huawei estaria ‘aberta à ideia de comprar a Nokia’ já foram comentados por responsáveis da companhia chinesa que afirmam peremptoriamente que ‘não existem quaisquer planos para adquirimos a unidade móvel da Nokia’.
Toda esta situação surgiu após o chairman da Huawei ter afirmado durante uma entrevista que a sua companhia estava a estudar vários cenários, incluindo a aquisição de outras empresas, que permitam reforçar e solidificar a sua presença no mercado. A Huawei ocupa presentemente o quarto lugar entre os fabricantes de smartphones e tem vindo a aproximar-se gradualmente da LG que detém a posição imediatamente acima.



Já o Wall Street Journal noticiava que a Microsoft esteve a um passo de concretizar a aquisição da Nokia mas que tudo falhou ao último momento devido à má situação financeira que ambas as empresas atravessam.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 28365 vezes
19
Jun
2013
A Lava Mobiles é a mais recente companhia a declarar publicamente o seu apoio e envolvimento na introdução da plataforma Firefox OS no mercado.
Apesar de já ter garantido o apoio de alguns dos principais fabricantes de dispositivos móveis da actualidade, a estratégia da Mozilla para o Firefox OS passa pelo lançamento de smartphones ultra-baratos em mercados emergentes o que acaba por condicionar os planos de algumas dessas marcas.



Tendo em vista os principais mercados da América Central e América do Sul, especialmente naqueles onde a Telefónica detém uma presença significativa, a Mozilla já estabeleceu parcerias com fabricantes com capacidade de produzirem modelos perfeitamente funcionais com preço abaixo dos $120. O objectivo é fornecer à população desses países um veículo barato de acesso à Internet e aos serviços online que de outra forma lhes estariam vedados por falta de soluções alternativas baseadas em infra-estruturas de cabo ou ADSL.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 27165 vezes
19
Jun
2013
Embora tenha sido por motivos diferentes, a HTC e a Blackberry foram dois dos fabricantes de dispositivos móveis que mais quota de mercado perderam nos últimos anos. A primeira teve imensas dificuldades em deixar para trás a imagem banalizada que derivou do excesso de oferta e em afirmar-se como a marca inovadora e vanguardista que sempre foi enquanto que a segunda esteve muito tempo à espera que a sua nova plataforma móvel ficasse pronta para enfrentar o Android, o iOS e o Windows Phone.

Por mérito própria as duas marcas começam a dar sinais de recuperação assegurando lugares de destaque nas tabelas de vendas em vários países. A HTC conseguiu posicionar o HTC One na terceira posição entre os smartphones mais vendidos no mercado americano (logo a seguir ao iPhone 5 e ou Samsung Galaxy S4) e já é uma presença habitual no Top 10 em diversos países.



A Blackberry também já evidencia sinais de inversão da tendência registada nos últimos anos com o modelo Q10 a figurar entre os mais vendidos no Canadá, Médio Oriente ou Inglaterra. O mercado americano continua a ser o que mais resistência tem oferecido ao regresso da companhia canadiana – muito por ‘culpa’ da enorme concorrência que enfrenta – mas já não se encontra em rota descendente. O lançamento do Blackberry Q10 pela operadora móvel AT&T (a maior a operar nos EUA) e o início da comercialização do Blackberry Q5 irão contribuir para este crescimento que se cifrou em 3.5 milhões de unidades vendidas no último trimestre.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 27400 vezes
19
Jun
2013
Depois de vários anos a produzir exclusivamente processadores baseados na arquitectura x86 da Intel, a AMD prepara-se para diversificar a sua oferta com o início da produção de processadores ARM.
A companhia norte-americana já tinha obtido o licenciamento para a produção desse género de produtos há dois anos mas só agora é que os primeiros protótipos estão prontos e preparados para serem testados e avaliados pelos fabricantes.



Apesar de já ter confirmado que irá suportar as duas plataformas da Google – o Chrome OS e o Android – o primeiro processador ARM deverá ser destinado a um segmento muito diferente: os servidores Web. Tendo como base uma arquitectura de 64 bits e recorrendo a uma das várias variantes do Linux adaptadas aos processadores ARM, a AMD espera conquistar rapidamente um espaço num mercado cada vez mais competitivo e em forte crescimento.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 27106 vezes
19
Jun
2013
Há muito tempo que se esperava que a Nokia lançasse um smartphone Windows Phone equipado com uma câmara fotográfica pelo menos equiparável à usada no Nokia 808 PureView.
Não obstante a evolução registada nas câmaras fotográficas usadas nos modelos Windows Phone do fabricante finlandês, até hoje continua a não existir na gama da Nokia mais nenhum modelo equipado com o magnifico sensor de 41 MPixels.

A ‘culpa’ tem que ser atribuída à Microsoft que tem imposto aos fabricantes um conjunto de restrições em termos de hardware que tem condicionado a sua capacidade de fazer evoluir alguns dos seus produtos.
A chegada ao mercado dos primeiros modelos equipados com processadores Qualcomm Snapdragon 800 vai permitir a utilização de sensores fotográficos de maiores dimensões e resolução (até 55 MPixel), abrindo a porta para o lançamento de um modelo equipado com o mesmo sensor usado no Nokia 808 PureView.



Para este lançamento contribui também a maior aproximação entre a Nokia e a Microsoft, que permitirá à primeira lançar actualizações aos Windows Phone 8 especificas para os seus terminais. A conjunção destes dois factores irá permitir à Nokia apresentar brevemente o tão esperado modelo equipado com o Windows Phone e um sensor fotográfico de grande resolução.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 20918 vezes
18
Jun
2013
A Huawei apresentou o Ascend P6, um novo terminal Android 4.2 de gama alta, que passa a ostentar o título de ‘smartphone mais fino do mercado’.
Muito embora a espessura de um dispositivo não seja, só por si, um indicador seguro da qualidade e capacidades gerais do mesmo, o que Ascend P6 tem para oferecer vai bem além dos 6.18 mm de espessura.



O enorme ecrã in-cell de 4.7 polegadas com resolução de 720x1280 pixels está equipado com tecnologia MagicTouch que permite que seja usado mesmo com luvas, o processador quad-core produzido pela própria Huawei funciona a 1.5 Ghz e a bateria 2000 mAh garante uma autonomia acima da média. Há ainda a registar a presença de 2 GBytes de RAM, da câmara fotográfica posterior de 8 Mpixels e da câmara frontal de 5 Mpixels ambas capazes de gravar vídeos em formato Full HD a 30 fps ou de realizarem fotos apenas a 4 cm de distância do objecto.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 21170 vezes
18
Jun
2013
Nem a revisão em baixa das vendas do Galaxy S4 parece ser suficiente para desmotivar a companhia coreana que continua a apostar no alargamento da gama derivada do seu modelo de topo de gama.
Depois do Zoom e do Active, duas variantes do Galaxy S4 dirigidas a uma franja de público muito específico, a Samsung está a preparar uma nova versão desta feita equipada com tecnologia LTE-Advanced.



A Samsung quer ser o primeiro fabricante a suportar as novas redes de comunicação de quarta geração que oferecem velocidades quase duas vezes superiores às experimentadas na oferta 4G actual.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 19830 vezes
18
Jun
2013
Apesar de ter centrado a sua estratégia comercial em redor de modelos de gama alta baseados na plataforma Android, a HTC não descurou totalmente os restantes segmentos apresentando pontualmente mais um ou outro modelo que vem dar uma dimensão mais ampla à sua oferta.



O HTC Desire 200 é a mais recente proposta da marca asiática que passa assim a dispor de uma solução bastante acessível protagonizada por um dispositivo com especificações técnicas medianas dirigido para um público que não encontra no HTC One uma resposta ás suas necessidades ou possibilidades.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 20322 vezes
23
Mai
2013
Quando a Nokia decidiu por um ponto final no sistema operativo móvel open-source que estava a desenvolver em parceria com a Intel, um conjunto de técnicos talentosos e motivados viram-se de repente sem um projecto a que se dedicarem.
Da saída da Nokia à criação de uma empresa autónoma capaz de dar continuidade ao trabalho que tinha sido começado na companhia finlandesa foi um curto passo.
A Jolla nasceu com o objectivo de recuperar o trabalho que tinha sido feito em redor do Nokia N9 e da plataforma MeeGo, e de servir de base a uma nova geração de smartphones que é capaz de aproveitar em pelo das capacidades que o hardware actual permite obter.



O primeiro smartphone criado pela Jolla, que adopta esse mesmo nome, tem como base o sistema operativo Sailfish segue as tendências actuais do mercado ao surgir equipado com ecrã de dimensões apreciáveis, tampas coloridas e um design elegante.
ver a notícia completa
Esta notícia já foi consultada 44678 vezes
 
 
25 683 122 visitantes
1070 online neste momento